18 de março de 2016

Especial "X-Men :Apocalipse"





Depois que a Fox Film Brasil divulgou o segundo trailer de "X-Men: Apocalipse", podemos ter mais um pouco de noção da complexidade e da magnitude que há em volta de En Saba nur /Apocalipse (Oscar Issac), e o que poderemos vislumbrar nesse novo longa. 


     Antes é preciso entender que estaremos diante do primeiro mutante da face da terra, e como ele desperta em um mundo no qual os mutantes não são os dominadores.  Apocalipse acorda disposto a erguer o gene X na base do medo e da matança(Isso se mostra ao longo do trailer)usando seus poderes, a destruição é sempre em grande escala. 

    Más qualquer líder de um propósito a ser conquistado, precisa de fiéis seguidores a sua causa, eis que Apocalipse encontra uma Ororo Monroe/Tempestade (Alexandra Shipp) perdida em seus ideais, um Warren Worthington/Anjo (Ben Hardy) caído, uma ambiciosa Elizabeth Braddock/Psylocke(Olivia Munn) e um depressivo e não mais perseguidor dos ideias mutantes Eric Lansher/Magneto (Michael Fassbender) para assim forma os seus "Quatro Cavaleiros". 

    O longa se passa basicamente em 1983, ou seja, dez anos depois dos eventos registrados em "X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido". A escola Xavier já firmada e com novos e interessantes alunos, no caso o promissor líder Scott Summers/Ciclope (Tye Sheridan),a meiga Jubileu (Lana Condor),o sempre intrigante Kurt Wagner/Noturno(Kodi Smith) e a mutante que chega ao nível 5 de poderes acima do limite Jean Grey(Sophie Turner). Todos eles terão que encarar o maior vilão de toda a franquia até aqui. 

    Os já conhecidos Hank McCoy/Fera (Nicholas Hoult) e Raven/Mística (Jennifer Lawrence) também terão seu espaço em tela para se desenvolverem e quem saber fecharem seus ciclos neste longa. Sim, falei em "fechar",pois tudo indica que esse deve ser um novo rumo na franquia "X-Men", como já se imaginam,tudo deve mudar e isso inclui todo o conceito de realidade deste universo cinematográfico criada pela Fox desde 2000. 


   O filme será o quarto a ser dirigido por Bryan Singer que sempre em suas redes sociais se mostra empolgado com seu novo projeto. 


  O momento mais esperado pelos fãs seja o conflito que Charles Xavier/Professor X (James McAvoy) terá e o que fará perder seus cabelos. 

Em várias entrevistas, o ator diz que foi uma de suas cenas prediletas,pois mostra o sofrimento de alguém que precisará se reerguer para poder liderar uma equipe que têm simplesmente a dura missão de lutar contra um Deus. Sim, aqui neste  longa, Apocalipse será tratado como um Deus, pois seus poderes serão alem do imaginado até para outros mutantes. 


Teremos mais de Peter Maximoff/Mercúrio(Evan Peters), uma Mística assumindo uma liderança deixada por Xavier, um Alex Summers/Destrutor(Lucas Till) aparentemente desolado e muitas cenas de ação que darão um novo sentido ao universo X. 


    O que esperar deste filme ? 


      Que seja o melhor de todos e com uma abertura para novos arcos de histórias dos "Filhos do Átomo". 


  X-Men: Apocalipse estreia dia 19 de maior de 2016.  



Trailer 1 : 



Trailer 2
 



Trailer 3 : 
Share:
Postar um comentário

Cinema de Primeira

Labels

Arquivo Cinema de Primeira