30 de novembro de 2015

Netflix | Canal de Streaming Retira Vários Títulos



     
           O serviço de  Streaming Netflix vai retirar vários títulos nos próximos dias. Isso tudo está acontecendo, devido a novos contratos que permitem outros  títulos a entrarem na grade para que os assinantes possam ter mais filmes,programas e séries disponíveis. 

   Mas alguns filmes vão deixar saudade,confira na lista : 



03 de DezembroA Espada Mágica - A Lenda de Camelot
A pedra mágica
As Novas Aventuras de Riquinho
Batman Eternamente
Como Cães & Gatos
Debi & Lóide - Dois Idiotas em Apuros
Looney Tunes - De Volta à Ação
Mensagem Para Você
O Gigante de Ferro
Trovão negro

06 de DezembroPixo
Ultraman: The Next
07 de Dezembro
Rebelde Rio: Season 2 (134 epis)
08 de Dezembro
A Família Flynn
Moonrise Kingdom

09 de Dezembro300
Harry Potter e a Ordem da Fênix
12 de Dezembro
Kevin Hart: Let Me Explain
13 de Dezembro
O artista
Repórteres de guerra

14 DezembroAfinado no Amor
Amores Imaginários
Austin Powers: O Agente Bond Cama
Batman - A Máscara do Fantasma
Blade: O Caçador de Vampiros
Blade: Trinity
Boy Meets World (45 eps.)
Cowboys do Espaço
Dia de treinamento
Divinos Segredos
Do que as mulheres gostam
Efeito borboleta
Férias Frustradas de Natal
Férias Frustradas 2
Fomos heróis
Free Willy 2 - A Aventura Continua
Gatos Não Sabem Dançar
Gin Tama (24 eps.)

Happy Feet- O pinguim
Lizzie McGuire Um Sonho Popstar
Looper: Assassinos do Futuro
Lucky Fred (52 eps.)
No limite do silêncio
O labirinto do fauno
O Suspeito
O Vingador
Possessão
Profissão de Risco
Programa Amaury Jr - Viagens (10 eps.)
Scooby-Doo
Sex and the City: O filme
Space Jam - O Jogo do Século
Super Onze
Teoria da Conspiração
Treze dias que abalaram o mundo
Tudo que uma Garota Quer
Um Ato de Coragem
Um Duende em Nova York
Um homem de família
Zack y Cody gemelos a bordo (71 eps.)
    Em breve mais títulos serão adicionados e retirados também. 

Share:

Capitão América | Trailer ao som de Adele



       Um novo vídeo foi feito por um fã que coloca a amizade de Steve Rogers e Bucky Barnes em destaque em Capitão América : Guerra Civil ao som da música "Hello" da cantora Adele


  





 




Depois dos eventos de ‘Vingadores: Era de Ultron’, os governos do mundo criam um ato para regular toda a atividade de super-humanos. Isso divide as opiniões entre os Vingadores, originando duas facções que se aliam com Capitão América (Chris Evans) ou Homem de Ferro (Robert Downey Jr), o que provoca uma batalha épica entre os ex-aliados.

  Chris Evans  Como Steve Rogers / Capitão América,  Robert Downey Jr  Como Tony Stark / Homem de Ferro,  Scarlett Johanson  Como Natasha Romanof / Viúva Negra, Anthony Mackie  Como Sam Wilson / Falcão,  Jeremy Renner  Como Clint Barton / Gavião Arqueiro, Chadwick Boseman  Como T 'Challa / Pantera Negra,Elizabeth Olsen  Como Wanda Maximoff / Feiticeira Escarlate,Paul Bettany Como Visão, Paul Rudd  Como Scott Lang / Homem-Formiga, Sebastian Stan Como Bucky Barnes / Soldado Invernal,Emily Van Camp  Como Sharon Carter / Agente 13, Tom Holland  Como Peter Parker / Homem-Aranha, Martin Freeman(Personagem não revelado), William Hunt  Como geral Thaddeus Ross,Frank Grillo  Como Ossos Cruzados e  Daniel Bruhl  Como Barão Zemo. 

   A Direção fica por  Conta dos Irmãos Anthony e Joe Russo que dirigiram o excelente Capitão América: Soldado Invernal. O longa tem estreia 28 de Abril nos cinemas em 2016. 

Share:

O Regresso | Trailer Empolgante Com Leonardo DiCáprio




          O mais novo trabalho de Leonardo DiCáprio, " O Regresso" já é considerado por muitos nos bastidores como um dos filmes mais difíceis que foram rodados este ano. Tanto pela baixa temperatura como pelo desafio que o elenco teve durante as filmagens. 



    Segundo o próprio DiCaprio, foi o seu trabalho mais difícil de ser feito. Confira um trecho de sua entrevista para Yahoo. 


“Eu tive que fazer umas 30 ou 40 sequências difíceis. Fiquei entrando e saindo de rios congelados, e dormindo em carcaças de animais. Eu passava frio constantemente e pensava na possibilidade de ter hipotermia o tempo todo".


  Confira o Trailer : 


     O longa acompanha o explorador Hugh Glass, que ao ser atacado por um Urso e deixado de lado por sua equipe. Ele terá que lutar por sua vida e buscar Vingança por aqueles que o abandonaram.


   O elenco ainda conta Tom Hardy


   O Regresso estreia aqui no Brasil, no dia 4 de fevereiro de 2016. 

Share:

Joy | Filme Ganha Novos Comerciais



     



  
      O longa "Joy: O Nome do Sucesso" estrelado pela vencedora do Oscar Jennifer Lawrence ganhou novos cartazes. 

   Confira : 




    O filme basicamente retrata as heroínas da vida real, aquelas mulheres que cuida de seus filhos sozinha e ainda passam por dificuldades com o trabalho e com muitas dividas. 

   Joy contará com um seleto trio que deu muito certo em "O Lado Bom da Vida"(2013) e Trapaça (2014), David O.Russell,Jennifer Lawrence e Bradley Cooper. 

Joy: O Nome do Sucesso contará a história de Joy Mangano (Jennifer Lawrence), uma mãe de três filhos que teve de, literalmente, inventar algo para sair da dificuldade. Ela então criou o 'Miracle Mop', uma ferramenta que revolucionaria o trabalho doméstico em 1990.

  Joy só estreia aqui no Brasil no dia 18 de Fevereiro do ano que vem. 

Share:

27 de novembro de 2015

Dos Vídeo Games Para o Cinema

 

    O Cinema de Primeira Brasil, resolveu fazer uma lista dos games que foram parar nas telonas ,mas que não foram tão bem ou de críticas ou de público.

 Confira a lista :


  


Street Fighter – A Última Batalha (1994)

Não existia um garoto que não estivesse completamente extasiado em 1994. O motivo era o lançamento do filme baseado no jogo de luta mais famoso de todos os tempos. Alegria nas tardes de todas as crianças que cresceram na época do fliperama, e gastavam suas suadas fichas se digladiando contra os oponentes nas telas e fora delas. Mesmo com algumas escalações de elenco inusitadas (como o próprio Raul Julia, em sua última performance no cinema), a grande maioria entrou de muita boa fé nas salas de cinema.
A forma como saíram são outros quinhentos. O grande Raul Julia, que no filme vive o vilão, disse ter aceitado participar do projeto a pedido de seus filhos. Outra decisão inusitada do roteiro foi transformar o personagem de Jean Claude Van Damme (o grande nome do elenco), secundário nos jogos, em protagonista. Street Fighter foi tão mal avaliado, que começou a trazer negatividade aos filmes baseados em vídeo game. Mesmo assim uma espécie de continuação foi lançada em 2009 com Street Fighter – A Lenda de Chun Li, focando em outros personagens, e com Kristin Kreuk (Smallville), Chris Klein (American Pie) e Michael Clarke Duncan (Demolidor) no elenco. O novo filme nos faz achar que o original não era assim tão ruim.

03


Double Dragon (1994)
Mesmo com a receptividade morna da maioria, os filmes baseados em vídeo game vinham dando certo lucro nas bilheterias mundiais. O motivo para isso era a associação da marca. Tais jogos eram extremamente populares com os jovens, que instantaneamente sabiam que precisavam também assistir a tais filmes. E logo de cara os mais populares foram transformados em obras cinematográficas. Double Dragon, igualmente era um jogo de luta adorado pelas crianças da época.

A história de tais filmes não importava muito. O que a criançada queria era ver seus queridos personagens ganharem vida nas telas, o que para eles trazia tudo para o mundo real. E no percurso ganhavam dezenas de cenas de luta (inspiradas ou não) e um punhado de efeitos especiais (ainda engatinhando). Esse é o filme com menos rostos famosos no elenco, o que mesmo para a época demonstrava que Double Dragon saía perdendo em relação aos seus “irmãos”.

04


Mortal Kombat (1995)

Nessa primeira fase, ainda na década de 1990, dos primórdios dos filmes baseados em jogos de vídeo game, Mortal Kombat pode ser considerado o mais proeminente. Diferente de Super Mario Bros., Street Fighter e Double Dragon, o filme realmente divertia, com uma trama que falava sobre um torneio de luta entre humanos e criaturas fantásticas, sendo sediado numa misteriosa ilha. Tudo é claro, pelo destino da humanidade.
Com um  roteiro e clima de grandes fantasias infanto-juvenis, Mortal Kombat sobressai sobre os demais, com muito humor, cenas assustadores, e conceitos legais. Por trás de tudo estava Paul W. S. Anderson, em seu primeiro longa-metragem para o cinema. Uma continuação foi feita em 1997, sem Anderson na direção, e sem o mesmo impacto.

05

Lara Croft – Tomb Raider (2001)
Passada a primeira década de investida em vídeo games no cinema, e baixada a poeira das produções, digamos, não tão bem sucedidas, uma nova leva chegaria com a nova década. Agora, Hollywood achava que era necessário investir mais, em histórias, na produção, e principalmente na escalação do elenco. Nada de atores sem apelo ou escalações equivocadas. E o carro-chefe dessa retomada dos games nas telonas foi Tomb Raider, superprodução da Paramount que foi um dos chamarizes do verão americano de 2001.
Uma versão feminina de Indiana Jones, mais jovem e frenética, a obra trazia ninguém menos do que a mulher mais poderosa de Hollywood na atualidade, Angelina Jolie. Tudo bem que na época, a Sra. Brad Pitt não possuía o status de hoje, mesmo assim não deixou de ser uma grande alavancada para a produção contar com uma jovem atriz em ascensão e indicada ao Oscar. O resultado mostrava que tais filmes haviam realmente evoluído em sua qualidade. Uma continuação, infelizmente bem inferior ao original, foi produzida em 2003, ainda contando com Jolie como a protagonista. Um novo filme com a personagem vem sendo cogitado há alguns anos, dessa vez com uma Lara Croft mais jovem. Umas das atrizes constantemente mencionadas para o papel é Megan Fox.

06


Resident Evil – O Hóspede Maldito (2002)

A década de 1990 trouxe para os cinemas, filmes baseados em jogos da década de 1980 e 1990. Já na década passada, as adaptações eram de jogos mais modernos, com gráficos em 3D, que faziam parte da infância de toda uma nova geração. Se no passado os carros-chefe eram Mario Bros. e Street Fighter, agora tínhamos Tomb Raider e Resident Evil, motivos de adoração dos fãs. Aqui, temos um dos primeiros games de terror, que mostravam pessoas perdidas em lugares confinados juntos com criaturas de todas as espécies, em especial os zumbis.

Para o cinema, elementos de horror e aventura foram misturados, com cenas de ação bem elaboradas, lutas e efeitos especiais. Milla Jovovich, musa de filmes como O Quinto Elemento, mudaria para sempre a sua carreira ao viver Alice, a protagonista, e se tornar uma das atrizes de ação do cinema atual. No comando da obra, um velho conhecido do cinema de vídeo game, Paul W. S. Anderson (de Mortal Kombat). Embora não tão elogiado quanto o seu primeiro esforço no terreno, esse novo trabalho viveu para se mostrar a mais longínqua série cinematográfica do quesito, com mais quatro exemplares, e um sexto filme em fase de pré-produção, programado para o lançamento em 2016.

07


AVP – Alien Vs. Predador (2004)

Por falar em Paul W. S. Anderson, o cineasta que desafia o bom senso, o sujeito se tornou um especialista no subgênero e entrega com esse filme, seu terceiro baseado num vídeo game. Tá certo que as criaturas alienígenas surgiram originalmente no cinema, em filmes que datam de 1979 e 1987, respectivamente. Porém, antes do cinema, a ideia de colocar as raças alienígenas mais mortíferas da sétima arte para se digladiarem surgiu num game para computador, de 1999.

O sucesso foi tanto que não demoraria muito para os produtores orquestrarem a batalha também nas telonas. Ajudava o fato das duas franquias pertencerem ao mesmo estúdio, a Fox. No entanto, sabia-se que de certa forma o projeto em conjunto poderia matar as duas franquias. Uma continuação foi feita em 2007, sem Anderson no comando ou envolvido de qualquer forma, e passou despercebida. Em 2010, Predadores tentou revitalizar a franquia do alienígena de dreadlocks, sem muito sucesso também. E ano passado, tivemos o progenitor de Alien, Ridley Scott, retornando ao universo espacial em Prometheus, ficção científica subestimada, que promete uma sequência.

08


Doom – A Porta do Inferno (2005)

Se as adaptações modernas não estavam dando certo, que tal voltar aos primórdios dos jogos em primeira pessoa. Doom foi o primeiro jogo no estilo, no qual o jogador comandava apenas um braço e uma arma em movimento. Era uma perspectiva nunca antes vista num vídeo game, no qual literalmente éramos o protagonista. Considerado um jogo de tiro, como levar Doom ao cinema? A solução foi trazer o recém eleito homem da ação do cinema, Dwayne The Rock Johnson para viver o chefe de uma equipe de militares, que apenas possuem codinomes, para a missão mais perigosa de suas vidas, em Marte.

Um filme de ação ordinário para todos os nãos fãs, e quem sabe para a maioria dos fãs também, Doom tem seu ponto alto ao apresentar a estética de primeira pessoa, na qual apenas vemos a mão e a arma em movimento atirando em criaturas pelo caminho. Apesar de criativo, a maior reclamação foi, “qual a graça de apenas assistir sem poder jogar?”. Talvez tenham razão.




DOA – Vivo ou Morto (2006)

Apesar de ser uma das mais obscuras adaptações de um vídeo game, essa produção é também uma das mais divertidas. Baseada num jogo igualmente desconhecido do grande público, mas que faz, e muito, a cabeça dos fãs, DOA é sobre lutas, e… garotas, bem desenhadas, de biquíni. E o filme entrega justamente isso, sem querer ter uma trama substancial, elementos artísticos, grandes atuações, ou nada que modifique seus elementos originais. É pura e simplesmente diversão escapista. É também um dos maiores prazeres culposos, principalmente para os meninos, já que o elenco é formado por verdadeiras beldades encabeçadas pela “sarada” Jaime Pressly. Desligue o cérebro e aproveite.




Terror em Silent Hill (2006)

Baseado na cultuada franquia de jogos, Silent Hill é o mais próximo de um filme de terror que uma adaptação de games já chegou. Muita gente, aliás, pode nem saber que a obra é baseada num game. Na trama, a ótima Radha Mitchell (Melinda & Melinda) se perde com a filha na cidadezinha amaldiçoada do título, e começa a ser atormentada por diversas criaturas monstruosas, que remetem inclusive a Hellraiser – Renascido do Inferno, clássico do terror, da década de 1980. Na época a produção chamou a atenção, e logo foi apontada como a adaptação de games mais proeminente. A continuação Silent Hill – Revelação chega esse fim de semana nos cinemas brasileiros, e traz a menina já crescida, nas formas de Adelaide Clemens (O Grande Gatsby).




Hitman – Assassino 47 (2007)

Projetado para Vin Diesel ser o protagonista, devido a grande semelhança com o personagem, o talentoso Timothy Olyphant acabou ficando com o papel. A verdade é que filmes baseados em vídeo games ainda não estão no mesmo patamar das adaptações de quadrinhos, por exemplo. Seja qual for o motivo, o fato ainda afasta grande parte do público renegando o subgênero apenas para os aficionados, e muitas vezes nem eles mesmos.

Muitos clamam que as tramas dos jogos são complexas por si só, e que dariam belos filmes. Mas então qual seria a dificuldade de um deles se tornar uma verdadeira obra-prima. O que acontece é que ao serem levados ao cinema, eles acabam sofrendo grandes mudanças para apelar ao grande público, ao mesmo tempo não saturando o público alvo, que já conhece muito bem a trama dos jogos. O fato termina sempre por afastar os familiarizados e os não familiarizados. Aqui, Olyphant vive um assassino de aluguel careca e com um código de barra na nuca, coisa não muito inteligente para alguém que deveria passar despercebido. No momento mais legal, o sujeito entra num quarto com duas crianças jogando seu jogo.



Max Payne (2008)

Aqui o mesmo problema de Hitman ocorre, com uma série cultuada, mas não muito conhecida do grande público. Os fãs alegam ter conteúdo suficiente para um ótimo filme, mas não foi o que ocorreu. Mark Wahlberg aceita protagonizar como um policial, desbaratinando um caso envolvendo poderosas drogas alucinógenas que fazem seus usuários verem criaturas demoníacas aladas. Duas curiosidades. A primeira é que a belíssima Olga Kurylenko, que esse ano esteve em Oblivion ao lado de Tom Cruise, e em Amor Pleno, de Terrence Malick, faz parte do elenco de ambos Max Payne e Hitman. E a segunda é que a dupla Mark Wahlberg e Mila Kunis, protagonistas do longa, voltariam a se encontrar no muito mais bem sucedido Ted, sobre um ursinho falante e incorreto.



Príncipe da Pérsia – As Areias do Tempo (2010)

Espécie de Santo Graal dos gamers, o filme do Príncipe da Pérsia é considerado por muitos como a melhor adaptação para o cinema de um vídeo game. O motivo é que por trás temos a equipe responsável pelos incrivelmente bem sucedidos filmes da série Piratas do Caribe. No mesmo clima, mas um pouco mais sério e adulto, a obra traz Jake Gyllenhaal como um aventureiro, Ben Kingsley (mais uma vez) como o vilão, e a bela Gemma Arterton como uma princesa em perigo. Apesar de avaliações favoráveis, a produção não foi tão bem junto ao público.




Detona Ralph (2012)

Deixe para a Disney entregar o melhor filme com alguma ligação com o mundo dos vídeos games. Detona Ralph não é apenas o mais elogiado filme de vídeo game, é também o mais bem sucedido, com quase $500 milhões em bilheteria ao redor do mundo. Mesmo sem ser especificamente baseado num jogo, Detona Ralph é o que Uma Cilada para Roger Rabbit foi para o mundo dos desenhos animados. O filme apresenta diversos jogos e personagens, desde os clássicos como Sonic, Mario e Pac Man, até os de última geração como Halo. Talvez o problema de identificação seja que Detona Ralph soa muito como homenagem nostálgica para a era os fliperamas, que os pequenos de hoje não chegaram a ter contato. Isso faz de certa forma o filme ser mais recomendado para uma geração mais velha.



Need for Speed (2014)
O primeiro filme baseado num jogo de corridas de carro chega ano que vem, com a promessa de apelar ao público da franquia incrivelmente bem sucedida, Velozes e Furiosos. O filme é protagonizado por Aaron Paul (da série Breaking Bad), como um sujeito disposto a ir até o fim atrás de vingança. Sinopse básica, mas que pode vir a cair no gosto popular. O que o público alvo quer ver mesmo, são as grandiosas cenas de perseguição, e ação automobilística alucinante e desenfreada.




Share:

Star Wars | Sinopse de Todos os Filmes

    Com Star Wars : O Despertar da Força chegando, resolvi aqui postar a sinopse de todos os filmes para que quem não conhece a lenda da franquia possa a passar  acompanhar e curtir esse universo incrível que George Lucas criou e mudou tudo em relação a ficção cientifica.






Sinopse de todos os filmes da franquia 



Episódio IA Ameaça Fantasma

A República Galáctica entra em decadência. Numa disputa pelas rotas comerciais, a Federação do Comércio bloqueia o planeta Naboo. Protegida pelo Mestre Jedi Qui-Gon Jinn e seu aprendiz, Obi-Wan Kenobi, a Rainha Amidala deixa o planeta para pedir ajuda ao Senado Galáctico. No caminho, a nave é obrigada a pousar em Tatooine, onde os Jedi conhecem o garoto Anakin Skywalker, um escravo. Qui-Gon consegue libertar Anakin e levá-lo ao Conselho Jedi para ser testado, argumentando que ele é a pessoa que, segundo as profecias, trará equilíbrio à Força. Na batalha que se segue entre Naboo e a Federação, Qui-Gon é morto por Darth Maul. Obi-Wan, agora um Cavaleiro Jedi, passa a treinar Anakin.


    



Episódio IIO Ataque dos clones

Palpatine, Senador de Naboo eleito Chanceler Supremo no final do Episódio I, continua no cargo apesar de seu mandato já ter vencido. Uma série de crises leva o Senado a continuamente estender seu comando. Amidala é agora Senadora de Naboo e líder de um movimento contra a formação de um exército para a República que continua se desfazendo. A cada dia, mais sistemas deixam o Senado para se unir ao movimento separatista liderado pelo Conde Dookan. Investigando uma tentativa de assassinato contra Amidala, Obi-Wan descobre um exército de clones sendo produzido a mando de um Jedi morto dez anos antes. Enquanto isso, Anakin é designado como guarda-costas de Amidala, uma posição perigosa, pois ele está apaixonado pela jovem senadora e isso é proibido aos Jedi. Em meio a mais uma crise, Palpatine consegue poderes especiais que jura devolver quando tudo se resolver.

                             



      
Episódio IIIA vingança dos Sith

O terceiro capítulo da nova trilogia de Star Wars começa quase no final das Guerras Clônicas. Depois de três anos de violento conflito, o Conselho Jedi envia Obi-Wan Kenobi (Ewan McGregor) para capturar o general Grievous, o mortífero líder dos exércitos separatistas e levá-lo à justiça. Enquanto isso, em Coruscant, o Chanceler Palpatine(Ian McDiarmid) ganhou ainda mais poder. Suas mudanças políticas transformaram a enfraquecida República no poderoso Império Galáctico e ele revela ao seu aliado mais próximo, Anakin, a natureza de seu poder e os segredos do Lado Negro da Força.




       

Episódio IV: Star Wars:Uma nova esperança

Palpatine é o Imperador e dá o último passo para o fim do antigo regime, dissolvendo o senado. Atacada por naves do Império, Leia envia o dróide R2-D2para pedir ajuda a Obi-Wan. O robô cai nas mãos de Luke Skywalker, que descobre que seu pai era um cavaleiro Jedi.

Com a morte de seus tios, ele parte com Obi-Wan para libertar Leia e entregar os planos da Estrela da Morte aos líderes da rebelião. Com a análise dos planos, Luke e as forças rebeldes, ajudados por Han Solo e Chewbacca, destroem a Estrela da Morte.





Episódio V:O império contra ataca:

As forças rebeldes são expulsas de Hoth por Darth Vader. Luke vai a Dagobah, onde conhece Yoda e inicia seu treinamento para ser Jedi. Durante o treino, vê Han e Leia como prisioneiros e vai ao encontro deles. Em Bespin, Han Solo é congelado em carbonita e entregue a Boba Fett, que pretende receber o prêmio oferecido por Jabba the Hutt pela cabeça de Han. Vader tenta atrair Luke para o lado negro e faz uma revelação estarrecedora: ele é Anakin Skywalker, seu pai.





     

Episódio VIO Retorno de Jedi

Com a ajuda de Lando Calrissian, Luke liberta Han Solo e parte para Dagobah, como havia prometido para Yoda. Lá, testemunha a morte do velho mestre. Agora ele é o único Jedi vivo. Yoda, e Obi-Wan confirmam que Darth Vader é Anakin, e que Leia é irmã de Luke. Ao reencontrá-la, antes do ataque à nova Estrela da Morte, lhe diz o que descobriu. Enquanto os rebeldes atacam a nova Estrela, o jovem jedi enfrenta Vader e o Imperador, convencendo o pai a ajuda-lo na destruição de Palpatine. Antes de morrer, Anakin e Luke fazem as pazes. A nova Estrela da Morte é destruída e, com a morte do imperador, o Império chega ao fim.



   Star Wars: O Despertar da Força 






A história se passará trinta anos após os eventos do episódio 6 "O Retorno de Jedi". 


  A estreia acontece no dia 17 de dezembro  aqui no Brasil

  O filme marca o retorno de Mark Hamill e Harrison Ford como Luke Skywalker e Han solo, respectivamente. 
Share:

Translate

Cinema de Primeira Brasil

Postagem em destaque

X-Men : Fênix Negra | Filme Ganha seu Primeiro Trailer

Filme mostrará  todo o poder da Fênix.  Por Leandro Barreira   Finalmente a espera acabou,  durante o programa "The Late La...

Marcadores

Arquivo Cinema de Primeira