18 de maio de 2014

SANDRA OH MARCA SUA DESPEDIDA DE GREY'S ANATOMY


 
       A atriz Sandra Oh falou sobre sua dificuldade de se despedir de sua personagem Dra. Cristina Yang do seriado Gre's Anatomy. Em sua entrevista ao Hollywood Report, Oh comentou como foi extremamente difícil se desligar de seu papel no qual atuou por dez anos. 

  Sandra comentou sua duas principais cenas em seu último episódio com Owen(Kevin Mckidd ) e Meredith Grey ( Ellen Pompeo)


"Minha última cena foi com Kevin ( , e era o momento em que Cristina se despedia de Owen. Era uma imagem bonita, ela estava na galeria, atrás de um vidro. (...) Simbolicamente, a distância que é colocada entre os dois revela onde cada um está no momento, e põe um distanciamento que eles não querem entre eles. Pareceu certo, porque foi difícil gravar", confidencia. "Foi uma cena muito rica. (...) Eles só querem estar mais próximos um do outro. Agora só não é o momento."
"Eu me lembro de ler o roteiro e odiar a cena. Não fazia sentido para mim, e eu não conseguia me conectar a ela. Mas algumas vezes aquele lugar onde é mais difícil chegar também é aquele que devemos explorar. Foi muito emocionante. Foi a última cena que Ellen e eu gravamos. Não posso falar por ela, mas, no final, eu me lembro de estar abraçada com ela e ouvi-la chorando. Era como se fossemos uma só".


   A saída de Sandra da série não foi algo tão fácil, ela conta que a negociação durou quase oito meses e teve o aval da criadora Shonda Rhimes. Na época , Rhimes disse que Yang teria um "Desfecho" merecido. 

   Para o futuro a atriz só declarou que vai atuar numa peça chamada " A Morte e a Donzela"e que não descarta novos papeis para o futuro. "Quero estar aberta a qualquer coisa que apareça. Eu acabei de passar uma década de produção intensa. Acho que vou tirar um tempo para mim e ver o que acontece. Mas estou à disposição". 

   Sobre um possível retorno para o desfeho da série, Oh ainda não sabe, pois ela acredita que se "houver" será sem nenhum tipo de pressão. 

Grey's Anatomy

Share:

0 Comente::

Postar um comentário

Cinema de Primeira

Labels

Arquivo Cinema de Primeira