Especial Cinema Francês



  A França sempre nos encantou de várias formas, mas uma delas que se destaca é o cinema Francês que veio se aprimorando e enriquecendo com excelentes filmes ao longo dos anos..

Confira abaixo os melhores que já saíram nos últimos anos:

 O Artista (2011) – Direção: Michel Hazanavicius
Hollywood 1927. George Valentin é um consagrado ator do cinema mudo a quem tudo e todos sorriem. A chegada dos filmes sonoros vai mergulhá-lo no esquecimento. Peppy Miller, jovem figurante, em contrapartida, será propulsada até ao firmamento das estrelas.
o artista

Os Guarda-Chuvas do Amor (1964) – Direção: Jacques Demy
Cherbourg, 1957. Guy Foucher (Nino Castelnuovo) é um jovem de 20 anos que foi criado pela madrinha e trabalha como mecânico de carros. Ele é apaixonado por Geneviève Emery (Catherine Deneuve), uma adolescente de 17 anos que ajuda sua mãe viúva no negócio da família: uma loja de guarda-chuvas, que é elegante mas pouco lucrativa. Geneviève também o ama, mas sua mãe acha que ela é muito nova para casar e não vê como Guy pode manter uma família. Ele é convocado para o serviço militar, mas antes de partir Guy e Geneviève fazem amor e ela engravida. Assim ela tem que escolher entre esperar pelo retorno de Guy ou aceitar uma proposta de casamento de Roland Cassard (Marc Michel), comerciante de diamantes, que se propõe a criar o bebê como se fosse seu.
guarda chuvas do amor



  

ADEUS, MINHA RAINHA
Les adieux à la Reine

De Benoît Jacquot
com Léa Seydoux, Diane Kruger, Virginie Ledoyen.
2011 – Drama – 1h44
Sinopse
Em 1789, quando a notícia da tomada da Bastilha chega à Versalhes, o castelo esvazia. Mas Sidonie, jovem leitora inteiramente dedicada à Rainha, não quer acreditar nos rumores que ouve.


















FERRUGEM E OSSO
De rouille et d’os

De Jacques Audiard
com Marion Cotillard, Matthias Schoenaerts.
2012 – Drama– 1h55
Sinopse
Ali, sem domicílio, sem dinheiro e sem amigos, encontra Stéphanie, uma domadora de orcas no Marineland. Um dia, o espetáculo se transforma em drama e ela perde as pernas. Ele simplesmente vai ajudá-la, sem compaixão.
    




A DATILÓGRAFA
Populaire

De Régis Roinsard
com Romain Duris, Déborah François, Bérénice Béjot.
2012 – Comédia – 1h51
Sinopse
1958. A jovem Rose Pamphyle tem um dom: datilografar numa velocidade vertiginosa. Ela desperta o esportista ambicioso adormecido em Louis Echard, dono de um escritório de seguros.
    























Share:

0 Deixe seu Comentário:

Postar um comentário

Translate

Cinema de Primeira Brasil

Postagem em destaque

Coringa | Um Filme Profundo! Minhas Considerações ao Longa Mais Ousado da DC nos Cinemas

Joaquin Phoenix dá um soco no estômago com sua atuação incrível      O longa Coringa está em exibição no circuito nacional e o fi...

Marcadores

Marcadores

Arquivo Cinema de Primeira