Matrix | Franquia de Sucesso vai ganhar quarto filme

Longa mudou a história do cinema


 Em 1999, chegava aos cinemas o filme que marcaria história ao mudar a forma como vimos os efeitos visuais . Matrix chegou chutando a porta e trouxa a mais pura inovação.

 E mesmo que perdure por anos, não existe quem não diga que esse filme foi o divisor de águas no cinema. Por isso, muitos falam que existe o cinema antes  e o cinema depois de Matrix.

Inovações nos efeitos visuais, a forma como as câmeras se deslocavam, tudo era de uma perfeição tão plena. O sucesso era inevitável.

A franquia foi encerrada em 2003, pelos menos era o que achavamos. Por anos, as irmãs Wachowski foram fontes de boatos a respeito de um quarto filme , e agora ele finalmente se tornou real.

 A Warner Bros anunciou que está desenvolvendo o quarto filme da franquia Matrix. O longa ainda não tem previsão de estreia, mas já se sabe que sua produção começa em 2020. O melhor é que teremos Neo e Trinity retornando. Os atores Keanu Reeves e Carrie Ann- Moss vai reprisar seus papéis.

A trama ainda não foi revelada, mas o que já se sabe é que serão usadas câmeras com tecnologia de maior precisão que são usadas por James Cameron.

Muitas ideias que explorei com Lily há 20 anos atrás se tornaram ainda mais relevantes atualmente. Estou muito contente em poder trabalhar com esses personagens novamente. É uma grande honra

Disse Lana Wachowski

Cinema de Primeira Brasil é escrito e editado por Leandro Barreira, que é Nerd Extremista, fã de séries,games e viciado em filmes.  Carioca de coração e que possui um juramento em sua vida: 

"No dia mais claro
Na noite mais densa
O mal sucumbirá ante à minha presença
Quem comete a maldade tudo perde"


Share:

0 Deixe seu Comentário:

Postar um comentário

Translate

Cinema de Primeira Brasil

Postagem em destaque

Coringa | Um Filme Profundo! Minhas Considerações ao Longa Mais Ousado da DC nos Cinemas

Joaquin Phoenix dá um soco no estômago com sua atuação incrível      O longa Coringa está em exibição no circuito nacional e o fi...

Marcadores

Arquivo Cinema de Primeira